sábado, 1 de outubro de 2011

Loucura alucinante


Vi no céu um balão da cor dos olhos que ele não pode ter,
Olhei um pouco para baixo e avistei nuvens roxas
No formato de flores, folhas e outras coisas,
Quis juntar-me com elas...

Loucura, tudo é loucura e ilusão!
É nessas horas que observo a minha demência
Com orgulho. A beleza escondida entre as árvores
Secas na noite escura e fria, o silêncio que inebria.

Loucura alucinante?
Loucura misturada com venenos mortais,
Entorpecentes e letais. Loucura em plena mocidade,
Criatividade latente na insanidade recorrente.

3 comentários:

  1. sempre tive medo dessas bonecas :p

    ResponderExcluir
  2. É... é a pura realidade! Uma loucura misturada com venenos mortais...: )

    ResponderExcluir

Não se acanhe e comente!