terça-feira, 5 de abril de 2011

Desisto


Desisto de esperar pelos teus olhares sedutores
Desisto de imaginar o teu corpo desnudo
Desisto de sonhar contigo à noite
Desisto de querer-te tanto

Desisto de pensar na tua pele branca
Desisto de meus devaneios esverdeados
Desisto de ansiar pelo teu contato acinzentado
Desisto de cogitar tocar nesse teu cabelo vermelho-lilás

Desisto de afagar meus receios tão rançosos
Desisto de controlar essa minha tristeza meio salgada
Desisto de todas as nossas doces recordações
Desisto de acalmar este coração azedo

Desisto de sentir algo por ti
Desisto de chorar nos intervalos calmos
Desisto de sorrir das tuas palhaçadas sem graça
Desisto de continuar esperando por esse teu pseudo-amor

7 comentários:

  1. Ó mocinha, desista do amor egoísta, que não reflete em ti, as cores que refletes nele, mas abra os braços para o novo e compensador amor...

    Torço muito para que algum dia toda forma de amor, seja recompensada...

    Abraços pra ti

    ResponderExcluir
  2. Desisto!
    ja passei por isso,mas desisti de tentar desistir.

    ;*

    ResponderExcluir
  3. quem nunca quis desistir de algo???

    desista dessa idéia e vida sem desistir de viver

    ResponderExcluir
  4. Seu blog é muito interessante...
    Estou te seguindo.... Tenha um Lindo Dia!
    Siga meus Blogs: http://cartasdeumcoracao.blogspot.com/
    E
    http://deusemminhaalma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Quando a dor causa o pensamento é desistir...

    Lindo Genny!

    ResponderExcluir
  6. Desistir...

    Às vezes podemos estar com uma bênção prestes a ser derramada sobre nós... E desistimos... Ou não.
    Como saber se desistir é a coisa certa a se fazer?
    Deus pode nos orientar, se pedirmos com fé e crermos em seu direcionamento.

    God bless you, babe!

    ResponderExcluir

Não se acanhe e comente!