quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Sonhos e ilusões perdidas



Houve um tempo nublado
Houve um tempo obscuro
Houve um tempo inseguro


Esse tempo foi um sonho
Esse tempo foi uma ilusão
Esse tempo se foi e não volta



Não lembro dos teus sonhos
Não lembro das ilusões perdidas
Não lembro das nossas despedidas

4 comentários:

  1. Lindo poema...

    e a foto é maravilhosa.

    bj

    ResponderExcluir
  2. Que bom que esse tempo nublado e inseguro se foi.

    Lindo poema.


    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Me sinto infeliz por não comentar o que realmente tive vontade, mas atualizei, por burrice e sem querer a página, e perdi minhas palavras. Mas ainda gostaria de lhe agradecer pela presença, pelos comentários otimistas e elogiosos grandiosos que sempre me incitam a continuar. Realmente curti, também, seus textos, seus passos pela literatura, e me faz feliz a idéia de continuar te visitando, lendo suas metáforas e partilhando de suas sinestesias. Bem, muito obrigado, e um grande abraço!

    ResponderExcluir

Não se acanhe e comente!