sábado, 24 de julho de 2010

Olhos Obscuros


Hoje, agora, neste momento
Só vejo às sombras do que um dia
Foram os teus melhores sentimentos;

Degradados pelo tempo,
Muitos se machucam, outros
Nem se importam...

Os meus medos e incertezas
Estão refletidos em meus olhos,
Estes meus obscuros orifícios.

Ah, esses meus olhos já foram
Castanho-claro ou castanho-escuro,
Hoje são vermelhos como o Sangue.


Guardei as minhas magoas passadas
Nestes globos oculares marrons,

Pois eles são impenetráveis...

Assim, ninguém poderá ver
O que eu já passei, as coisas que sei,
Não quero te revelar nada!

Como eu já me sufoquei,
Fugindo nessa embriagues...
Sonhando alegres mentiras.

Na angústia de esquecer
Que em meu coração,
Só me restaram as lágrimas de dor.

Por favor, pelo que ainda sou
Não me olhes nos meus olhos!
Você não é meu amigo?

Disseste-me toda a verdade,
Você nem se importa!
Ou eu estou mentindo?

3 comentários:

  1. - Lara Utzig . xD25 de julho de 2010 13:26

    Não, você não está mentindo...

    A-M-E-I, Genny *-*

    ResponderExcluir
  2. Interessante ver a tua forma sutil de fazer rima... não sei se intencional ou não.. =)
    eu não sei favoritar as pessoas..mas vou linakr o teu blog nos meus recomendados. =)
    bom domiingo! ;* p.s: vou te procurar no orkut da naty pode ser? ;)

    ResponderExcluir
  3. Lara: ;***~ thanks my sweet!

    HelianaB: hehehe... Isso depende do contexto.
    Favorita é isso, linkar no blog! ;)
    Obrigada, boa semana p/vc moça. Ok, assim que puder te aceito por lá! Grande Abraço.

    ResponderExcluir

Não se acanhe e comente!